Invicto no MMA, Igor Siqueira encara ex-Bellator no México

Por Lucas Rodrigues

Um dos maiores prospectos da divisão peso-mosca (até 57kg) do Brasil, Igor “The Golden Boy” Siqueira fará seu segundo combate internacional na carreira.

Somando seis vitórias em seis lutas, o paraense de Moju viaja para o México, onde enfrentará o estadunidense e também invicto Mark Climaco, pelo UWC (Ultimate Warrior Challenge), que acontece dia 13 de novembro na cidade de Tijuana.

Igor Siqueira está invicto no MMA com seis vitórias (Foto: Crixus MMA)

O convite para estrelar o card da vigésima quarta edição do UWC foi feito pelo narrador do evento. Alex Riqué esteve presente na última performance de Igor na Colômbia, onde venceu Oscar Merchan no Crixus MMA. Impressionado com o brasileiro, o profissional logo tratou de convidá-lo para se apresentar pela organização mexicana:

“(O convite) Surgiu através do Alex Riqué, que é um narrador mexicano de MMA. Ele narrou minha última luta, no Crixus, lá em Medelín. O evento foi na Colômbia, mas a promotora é mexicana. Ele (Alex) me mandou mensagem pelo Instagram, oferecendo a oportunidade de lutar no UWC 24, onde ele também vai trabalhar como narrador. E aí eu aceitei na hora!” – conta Igor.

O peso-mosca de 26 anos garante que chegará em excelente forma para o dia 13 de novembro. Com a luta marcada em meio à uma pandemia, “The Golden Boy” tem treinado em horários específicos, apenas com seus parceiros de camp, visando minimizar os riscos de contágio:

“Tenho treinado normalmente com meu mestre Rickson Athos. Viemos melhorando muito as partes física e técnica, mas claro, por conta dessa pandemia, estamos tendo muita precaução. Estamos treinando em um horário específico, fora do horário convencional de treinos, para que não tenhamos nenhum problema em relação a COVID-19.”

O jovem lutador está pronto para representar a cidade de Moju em solos mexicanos

Ao fazer uma análise sobre seu adversário, Igor Siqueira definiu Mark Climaco como “um lutador completo”. Para o paraense, este será um duelo que tem todos os ingredientes necessários para empolgar os fãs mexicanos:

“Vimos pouco conteúdo dele. Mas pelo o que vimos, ele parece um lutador completo. Tem seu ponto forte na parte em pé, no Muay Thai tradicional, mas também tem um bom Wrestling, sendo da escola do Daniel Cormier. Tem tudo para ser uma grande luta, que vai agradar os fãs de MMA.” – garante o peso-mosca.

Em busca da sétima vitória consecutiva no MMA, o brasileiro enxerga o combate contra Climaco como uma oportunidade de aparecer para as grandes ligas. Para Igor, um triunfo no UWC pode colocá-lo bem perto de eventos como Bellator e Ultimate:

O UWC é uma ótima vitrine para mim. Lutar contra um atleta como o Climaco, que tem passagem pelo Bellator e treina na AKA, academia onde tem vários campeões do UFC, é uma grande oportunidade. Uma vitória significa ficar muito mais próximo das grandes ligas, como UFC e Bellator. A cada vitória minha, eu fico mais perto de ter condições de ajudar a minha família. Essa é a minha maior motivação para eu continuar lutando!” – finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s