Após estreia com vitória na divisão dos galos, Wallace Lopes projeta 2020

Por Leandro Mamute

Vindo de vitória no Taura MMA, quando finalizou Cristofer Vieira no 2º round, Wallace Lopes tenta se manter em forma em meio a crise gerada pela pandemia do coronavírus.

A vitória, que aconteceu em 15 de março, marcou a estreia do atleta na divisão dos galos. O adversário, até então invicto, acabou sucumbindo ao excelente Jiu-Jitsu de Wallace.

“Me preparei muito bem para essa luta, me senti à vontade. Quero dar continuidade na categoria, tenho certeza que depois que a crise passar será um ano muito positivo para mim.” – conta.

taura
Wallace Lopes estreou com vitória na divisão até 61kg (Foto: Taura MMA)

Pensando em uma carreira com mais qualidade e extensa, o lutador subiu para a categoria de cima e passou a lutar no peso-galo. Sempre focado em buscar melhoria para sua carreira, Wallace se sente mais feliz e saudável com um corte menor de peso.

“Pensei muito na minha carreira e na saúde, por isso sempre visualizei que era melhor subir para a divisão dos galos. Com uma meta menor de peso para ser eliminado, a minha preparação foi bem superior em relação as outras. Graças a ajuda do meu preparador Itallo Vilardo, ganhei mais massa magra e passei a performar melhor. Tudo isso nos levou a decisão de subir para a divisão dos galos. Confesso que hoje luto mais feliz e com menos desgaste.” – revela.

O cartel do carioca de apenas 23 anos é de respeito, são seis triunfos e apenas um único revés. Todas as vitórias de Wallace foram por finalização ou nocaute, tornando o atleta um dos mais temidos no cenário nacional. A única derrota na carreira do lutador foi em 2018, por decisão dividida, no Shooto 86, contra Fernando Tourinho.

Em 2019 foram duas lutas com vitória para o lutador da BFK MMA. Uma dessas duas vitórias marcou o primeiro combate internacional na carreira do jovem prospecto brasileiro, quando enfrentou, e nocauteou no 1º round, o experiente Jhon Spencer, no Sparta Fight Series 3, na Inglaterra.

“Foi uma experiência incrível e que me fez enxergar que estou trilhando o caminho certo. Quando consegui essa oportunidade meu cartel só contabilizava quatro lutas (3-1), foi uma oportunidade que poucos conseguem com um cartel pouco expressivo. Foi bem construtivo profissionalmente e culturalmente também.” – revela.

shooto
(Foto: Shooto Brasil)

O lutador se sente pronto para encarar novos desafios, dessa vez já sem o peso da estreia em uma nova divisão. O ano de 2020 tem tudo para ser o divisor de águas na carreira de Wallace.

“Espero que seja mais um ano abençoado por vitórias e objetivos alcançados. Vou continuar trabalhando muito, como sempre fiz, para conseguir o êxito. Entrego tudo nas mãos de Deus.” – finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s