“Caçador de Russos”, Charles “Blackout” retorna ao ACA e mira cinturão

Por Lucas Rodrigues

Representante da Fusion Fight, o peso-mosca Charles “Blackout” (12-1) vive, sem dúvida alguma, o melhor momento de sua carreira. O atleta, que soma 7 vitórias consecutivas, venceu de forma convincente seus dois combates no ACA e, no próximo sábado, enfrenta Kurban Gadzhiev (15-2) buscando dar mais um passo rumo ao cinturão da organização.

Charles “Blackout” encara Kurban Gadhziev no ACA 103 (Foto: Divulgação/ACA)

 

Na sua estreia pelo ACA, em março deste ano, Charles “quebrou a banca” e venceu por decisão unânime o favoritíssimo e até então invicto Kasum Kasumov (11-1). Um grande triunfo, que lhe rendeu um rápido retorno à organização: em agosto, o brasileiro já voltava aos cages do ACA, dessa vez para nocautear de forma avassaladora o promissor Valeriy Khazhirokov (4-2).

O próximo desafio do “Caçador de Russos” será Kurban Gadzhiev pelo ACA 103. Natural do Daguestão, o russo venceu 15 de seus 17 combates e vem de vitória dentro do evento.

Sobre sua preparação para esta luta, o peso-mosca disse se sentir em grande forma e garante que os fãs verão novidades em seu jogo:

“Estou me sentindo muito bem para essa luta. Os treinos estão ótimos. Meu preparador físico Airton Nogoceke está buscando bastante coisas novas para mim nesta luta.” – conta.

Questionado sobre seu adversário, Charles garante não conhecê-lo e prefere que assim seja. Disciplinado, o peso-mosca demonstra total confiança no plano traçado por seus treinadores e afirma que isso é a única coisa que importa para ele:

“Não sei nada sobre o meu adversário e até prefiro não saber. Gosto de novidades. Eu sempre faço o que meus técnicos Airton Nogoceke e Guilherme Iunes mandam e é isso o que importa. Confio neles. Não me importa o que meu adversário sabe fazer. Eu vou estar preparado para essa luta, independente dele também estar ou não. Eu tô pronto!” – afirma “Blackout”.

Caso vença o duelo de sábado, Charles garante que pedirá uma chance pelo título (Foto: ACA)

Em caso de vitória, “Blackout” pretende desafiar o atual campeão de sua categoria na organização, Yunus Evloev (24-8). O cearense conta que almejava disputar o cinturão do ACA assim que assinou seu primeiro contrato com a organização e agora se sente muito perto de atingir este objetivo:

“Eu penso no cinturão desde que assinei contrato com o ACA. Meu primeiro objetivo era chegar no top 10 da categoria e agora estou trabalhando duro para chegar até uma disputa. Se eu vencer essa luta, vou desafiar o campeão. Não quero luta fácil, quero luta dura. Estou pronto para o que der vier. Treino na Gracie Bandeirantes e na Chute Boxe Rio de Janeiro, duas das melhores equipes do país e estou trabalhando duro para chegar esse momento (disputa do cinturão). Me sinto pronto para “topar” com qualquer um da minha categoria. Estou bem treinado em todas as áreas, forte psicologicamente e sem nenhuma lesão, então acho que vivo meu melhor momento na carreira e é uma boa hora para fazer essa luta.” – finaliza.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s