Jonas Bilharinho nocauteia na volta aos cages: o que esperar?

Por Léo Frias e Lucas Rodrigues

O nocaute cinematográfico e a mudança positiva na postura de Jonas Bilharinho (@JonasShiva) geram um grande otimismo sobre sua retomada rumo ao topo do esporte. Antes “Speed”, o carioca reconhece que esbarrava em seu próprio ego e que tinha a si mesmo como maior adversário. Tal comportamento culminou com a derrota para Valdines Silva, em abril de 2016. Derrota dolorosa, mas que serviu como um “choque” e o fez repensar sobre o caminho que sua carreira e sua vida estava tomando. Hoje “Shiva”, Jonas mostra-se um atleta consciente, focado e, principalmente, feliz, após essa sua longa jornada em busca de autoconhecimento.

Bilharinho (Marcos Santos)
Foto: Marcos Santos

Dono de um talento incomum, Jonas mostrou no decágono do Future MMA que, apesar de todas as mudanças que ocorreram em sua vida ao longo destes três anos e meio, sua essência como lutador foi mantida. Com a plasticidade de sempre e com uma precisão ainda mais apurada, o peso-pena teve uma apresentação de gala e, com uma bela joelhada voadora, liquidou a fatura e conquistou a 8ª vitória de sua carreira. Após a interrupção do árbitro, a única coisa que os fãs presentes na arena conseguiam pensar era: “este é o Jonas Bilharinho que eu esperava ver de volta”!

Em sua entrevista pós-luta, o atleta forneceu um relato emocionante e até mesmo aqueles que não conheciam tão bem sua carreira, entenderam a importância daquele momento. No fim das contas, tudo o que Bilharinho queria dizer era que ele estava de volta. E não, não era um recado para seus adversários, tampouco foi dito em tom de arrogância. Era um recado para ele mesmo e para que todos que acreditavam em seu potencial e torciam pelo seu retorno soubessem que, pela primeira vez, ele estava 100% ali.

Bilharinho 2 (Marcos Santos)
Foto: Marcos Santos

Se antes esperávamos ansiosamente pelo, até então, incerto retorno de Jonas Bilharinho aos cages, agora esperamos saber quais serão os seus próximos passos na carreira. Mais uma luta no card principal do Future? Já partir para uma disputa de cinturão na organização? Ir em busca de lutas internacionais? Todas as hipóteses são válidas.

Hoje, Bilharinho detém todas as qualidades necessárias para chegar ao topo de sua divisão. Jovem, deveras talentoso, treinando em uma equipe de excelente nível e com um biótipo que lhe dá ampla vantagem sobre a grande maioria dos penas, Jonas agora pensa verdadeiramente como um atleta e este era justamente o fator que faltava para que atingisse o máximo de seu potencial.

Se no passado muitos visualizavam Jonas no UFC, hoje a possibilidade se torna ainda mais clara. Mantendo o foco, o nosso palpite é que Bilharinho chega ao Ultimate já no ano que vem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s