WGP 53: Bruno Gazani e Petros Cabelinho lideram primeiro card do ano com três disputas de título

A primeira edição do WGP Kickboxing em 2019 promete ficar marcada na história da organização. Com três títulos em disputa, a cidade de São Bernardo do Campo, em São Paulo, vai receber o evento pela terceira vez no próximo dia 6 de abril. Responsável por protagonizar uma das principais batalhas vistas no WGP em 2018, o paulista Bruno Gazani também terá a missão de encabeçar o evento de abertura da temporada 2019. Campeão dos meio-médios, o lutador faz a luta principal do WGP 53 diante do desafiante Petros Cabelinho. As outras disputas de cinturão acontecem na divisão dos super-leves entre Paulo Tebar e Jordan Kranio e nos super-médios entre Diego Gaúcho e Jonas Salsicha. O evento tem início às 18h e conta com transmissão ao vivo do Canal Combate, Fox Sports e Bandsports a partir das 21h.

A 53ª edição do WGP promete levantar o público com um card recheado de estrelas (Foto: Divulgação/Instagram)

Aos 33 anos, Gazani vive um dos melhores momentos da carreira. Mas quer mais. Com um total de quase 60 vitórias no profissional, sendo 30 delas por nocaute, ele terá pela frente o  jovem Cabelinho, lutador em ascensão e cerca de 15cm mais alto.

“Nunca lutei com um cara de 1,90 como é o Petros. Acho que a dificuldade maior que vou ter vai ser acertar a joelhada voadora, um dos meus golpes característicos (risos). Vai ser um pouco complicado. Mas luta é luta, ele tem a vantagem da envergadura, eu tenho a vantagem de ser um pouco mais experiente, vamos ver o que vai acontecer”, afirma.

Bruno Gazani aposta em sua experiência para sair vitorioso do combate (Foto: David Leite/WGP)

E para encarar mais esse desafio ele está treinando a todo vapor, inclusive recebeu algumas visitas especiais na sua academia. O atual campeão dos super-leves e que atua no mesmo dia, Paulo Tebar, o ex-campeão da mesma categoria e treinador de José Aldo, Emerson Falcão, e o lutador do UFC Léo Santos ajudaram Gazani em um treino especial.

“Muito bom poder receber esse dois monstros, dois caras que admiro bastante. Conheci o Falcão nas minhas primeiras lutas no WGP e sempre adorei ver ele lutar, um cara bem agressivo e irreverente, além de ser super humilde. O Tebar também, embora novo, é muito experiente e ter esses caras podendo participar do meu camp, me ajudando de alguma maneira, para mim é muito satisfatório. Teve a presença do Léo Santos também, lutador do UFC, campeão do TUF. Vieram para agregar e você acaba pegando alguma coisa de cada um, sempre tem uma detalhe diferente que não faz parte do meu jogo e acaba aumentando o repertório”, conta.

Cabelinho se vê pronto para o título e prega respeito a Gazani

Petros Freitas, conhecido pelo apelido de Cabelinho, é o mais novo entre os protagonistas do show de abertura do ano. Mas nada que intimide o curitibano. Ele é considerado uma dos atletas mais promissores peso-por-peso do evento. Na carreira são 14 vitórias em 17 lutas disputadas. E ele sabe que tem uma dura missão pela frente diante de Gazani, mas mostra personalidade e garante estar pronto para surpreender o campeão.

“Creio que cheguei no momento certo para essa disputa. Esperava que fosse chegar ao topo do WGP alguns anos mais tarde, mas após minha luta contra o Bereta eu mudei completamente e evolui muito fazendo tudo ser mais rápido”, afirma o confiante Cabelinho.

Cabelinho prega respeito ao adversário, mas garante que está pronto para buscar o título (Foto: David Leite/WGP)

Dono de um estilo agressivo, Petros tem um ponto considerado chave em seus duelos: sua envergadura. Ele costuma controlar muito bem a distância e já demonstrou uma ótima técnica em suas lutas. Curiosamente seu último adversário, o paulista Luis Francischinelli na final do Super 8, era mais alto que ele, o que não se repete diante de Gazani.

“Uma das minhas principais qualidades é saber usar minha distância. Independente da altura do adversário eu consigo me portar bem e ficar confortável. No Challenger GP mostrei que sou um atleta completo e também que sei lutar contra atletas maiores que eu, por mais que seja difícil encontrar alguém maior (risos)”.

WGP 53: Bruno Gazani vs Petros Cabelinho

Data: 6 de março
Local: Ginásio Adib Moyses Dib (Av. Kennedy, 1155 – Parque Anchieta, SBC/SP)
Horário: 18h00 (Undercard) / 21h00 – (WGP Super Fights) / 22h30 (WGP 53)
Ingressos: www.minhaentrada.com.br (https://goo.gl/r2H8KJ)

WGP 53 Card

Main Event: WGP Title Bout
Peso Meio-médio (71,8kg)
Bruno Gazani (União ABC) vs Petros ‘Cabelinho’ Freitas (World Strong Fight Team)
Co-Main Event: WGP Title Bout
Peso Super-Leve (64,5kg)
Paulo Tebar (Veras TK/CT Paulinho Tebar – BRA) vs Jordan ‘Kranio’ (Teixeira Team – BRA)
Co-Main Event: WGP Title Bout
Peso Super-médio (78,1kg)
Diego Gaúcho (Inside Munil Adriano) vs Jonas Julio “Salsicha” (TF Team)
Regular Fight
Peso Meio-Médio (71,8kg)
Robson Minotinho (Coliseu – BRA) vs Sebastian Martino (Don Team – ARG)
WGP Challenger Fight
Peso Leve (60kg)
Renzo Martinez (Team Marcelo Salas – BOL) vs Leo Corrales (Corrales Kick Center – ARG)

WGP Super Fights Card

Super Fight
Peso Super-Médio (78,1kg)
Vitor Aquino (União ABC – BRA) vs Roberto Gonzalez (Trewa Team/WAKO Chile – CHI)
Super Fight
Peso Leve (60kg)
Leo ‘Bahia’ Pereira (União ABC/Team Nogueira Santo André) vs Leandro Jobu (Ponto 1)
Super Fight
Peso Leve (60kg)
Nichollas Pestilli (Corinthians Kickboxing) vs Paulo Sergipe (CT Paulinho Tebar/Top Striker Team)
Super Fight
Peso Leve (60kg)
Robson Bull Terrier (QG da Luta) vs Wellington Lopes (Abamm-RJ/Rio Fighters)

WGP Undercard

Brazilian Title Bout
Peso Cruzador (85,1kg)
Alessandro Benacci (Puro Impacto/Benacci Team) vs Fabio Silva (Serginho Team)
Fight
Peso Meio-médio (71,8kg)
Raphael Silva (Squadrão Thai Brasil) vs Daniel Felipe (Brazilian Alves)
Fight
Peso Super-Leve (64,5kg)
Vinicius Barros (Santiago Team) vs Romario Barbares (Coliseu)
Fight
Peso Pena Feminino (56kg)
Bia Molina (QG da Luta) vs Isa Livramento (CT Paulinho Tebar)
Fight
Peso Pesado (94,1kg)
Gabriel Cavalari (Dojo Masella – BRA) vs Jorge Caballero (Veras TK- PAR)
Fight
Peso Leve (60kg)
Jaime Santos (Belocqua/Dragon Kick Team) vs Vinicius Gaspar (Puro Impacto/Benacci Team)
Fight
Peso Cruzador (85,1kg)
Fernando Ferreira (Coliseu) vs Hiago Souza (Inside Munil Adriano)
Fight
Peso Leve (60kg)
Gabriel Fumaça (Seven Fight Team) vs Haialas El Loco (Serginho Team)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s